Top 5 Eu Odeio Natal

24 dez

Ai, tá, eu sei que hoje em dia TODO MUNDO odeia natal, mas nós temos os nossos motivos. Não acho que pessoas que preferem ficar dormindo em casa, tratando esse dia como qualquer outro, sejam sem noção. Pelo contrário, inclusive: não entendo e nunca consegui entender gente que AMA natal. É uma data que só é legal pra quem é religioso, acredita em Papai Noel ou faz aniversário pelo meio do ano.

Como Deus nunca fez muito sentido pra mim, parei de acreditar no bom velhinho em algum lugar entre meus 0 e 3 anos de idade e meu aniversário é menos de um mês antes do natal, poderia de boa passar essa data em casa lendo um livro. Pra completar, minha família é tão pequena e seccionada que aquela coisa dos primos distantes que tu só vê no natal não existe.

A ÚNICA coisa boa do natal é a quantidade de vezes que Love Actually passa na TV – mas também tanto faz, já que tenho o DVD (julguem) <3.

 

Resolvi, então, fazer essa lista de belas músicas para que vocês que se sentem como eu, não ficarem tão sozinhos nessa noite.

 

1. Happy Holidays, You Bastard – Blink-182

 

Provavelmente a música mais relevante do mundo sobre a temática Natal e festas de fim de ano em geral. E sai daqui você que gosta de War is Over.  Acredito que ela descreva tudo que sinto  antes, durante e após a ceia de natal. E ainda trago ela pra vocês nessa maravilhosa versão que dispensa todo e qualquer tipo de comentário.

 

2.       Oscar hates Christmas – Sesame Street

 

“I can’t think of anything that’s dumber”: assim começa essa linda canção. Concordo em termos: creio que natal perde para comemorações de aniversário, ainda assim… O CLIPE também é genial, indico que assistam-no.      

 

3. Blue Christmas (to whom it may concern) – Miles Davis

 

Nem sei por onde começar, apenas ouçam direitinho.

Um parênteses que essa música/conto/não sei me fez querer abrir: além de tudo, no imaginário de toda criança, natal tem a ver com neve e renas e etc, e aqui tudo que a gente tem é um calor de 45 graus. Como alguém pode sentir o espírito feliz de algo com essa temperatura, principalmente em Porto Alegre?

 

4.       A Christmas Carol – Tom Lehrer

 

UM BEIJO PRO ~~~ESPÍRITO NATALINO~~~ DE VOCÊS

 

5.       I Won’t be Home for Christmas – Blink-182

 

É, Blink de novo, não posso fazer nada se é uma banda com músicas extremamente relevantes de Natal. Gostaria de descrever essa música apenas pelo que ela mesmo diz, porque não existem outras palavras que fariam isso melhor:

 

“Outside the carolers start to sing
I can’t describe the joy they bring
‘Cause joy is something they don’t bring me”

 

ou

 

“It’s Christmas time again
It’s time to be nice to the people you can’t stand all year
I’m growing tired of all this Christmas cheer
You people scare me
Please stay away from my home
If you don’t wanna get beat down
Just leave the presents and then leave me alone.”

tumblr_mf9lfl80H01qzf9gso1_500Feliz natal!

Anúncios

Uma banda para conhecer antes que o mundo acabe

21 dez

There’s no worries on the earth tonight
We’re all walkin’ off the world tonight

Todo ano eu digo que não vou passar as férias inteiras indo dormir às 5 horas da manhã e acordando às duas da tarde e nestas férias não é diferente – exceto pelo fato de eu ter que estar às duas no trabalho, o que me faz dormir uma hora a menos, mas enfim. Essa péssima mania me deu não apenas lindas olheiras, mas também uma nova banda para amar: Walk Off The Earth.

wote

Sim, sou super outsider e nunca tinha ouvido falar deles antes de ver o maravilhoso Rewind YouTube Style 2012, mas adorei a ideia de cinco pessoas tocando um mesmo violão, então resolvi dar uma olhada no canal deles. Essa foi uma das melhores coisas que eu já fiz nessas madrugadas em frente a uma tela de computador. E para a minha surpresa eles são só mais um grupo de amigos que resolveram fazer um cover de Somebody that I Used To Know só de brinks, mas uma banda realmente boa que merece uma chance de ganhar seu coração (brega) antes do fim do dia 21.

Continue lendo

Blink 182 meets the new Blink 182

19 dez

Saiu hoje o presente de Natal do Blink 182 para os fãs: o EP Dogs Eating Dogs.

Presente mesmo, porque eu, como fã da banda, não poderia ter ficado mais feliz com o resultado, e creio que todos os outros fãs sentem o mesmo (E SE NÃO SENTEM NÃO SÃO FÃS DE VERDADE, NÃO QUERO SABER).Image

Quando o Blink fez todo aquele drama e resolveu acabar, lembro que eu fiquei bastante triste. Lembro também que quando voltaram, eu quase tive um AVC de tão feliz. Mas daí eles lançaram o “Neighborhoods” que, ok, eu gosto, acho legal, mas não é… Blink.

Deixa eu explicar: eu acho que por mais que seja legal, o álbum não era COERENTE. Tu ia ouvindo as músicas e ia pensando “essa certamente é do Mark”, “essa parece AvA” e “essa parece +44” e por aí vai.

Enfim, sinto que com o Dogs Eating Dogs, eles finalmente se ~~encontraram e conseguiram fazer um “Blink evoluído”. As mesmas melodias contagiantes, as letras bobinhas mas agora um pouco mais sérias e com menos piadas.

De qualquer forma, o EP é bem legal, as músicas são animadinhas e tem uma até meio What Went Wrong (bônus track do Take Off Your Pants and Jacket), a Boxing Day.

I’m empty like the day after Christmas, swept beneath the wave of your goodbye.
You left me on the day after Christmas, there’s nothing left to say, and so goodnight.
I will follow the trail to tomorrow,with my loneliness with sorrow all through the night.

Ainda dá pra notar influências das outras bandas (Ava e +44), mas agora elas são o plano de fundo de uma nova fase do Blink 182.

Aliás, uma observação: achei que, com esse nome, o EP teria pelo menos uma música engraçadinha, mas não. Senti falta de um I Wanna Fuck a Dog in the Ass parte dois ou algo do tipo.

Dogs Eating Dogs, música que leva também o nome do EP é a que mais lembra o Blink antigo que todos amamos e conhecemos, mas vamos ser francos: esse não vai voltar tão cedo.

@niinaschroder

Fernanda quer ser beijada

13 dez

A Fernanda virou hit da internet quando ela gravou um cover de Janta, do Marcelo Camelo com a Mallu Magalhães. Começando com os compartilhamentos dos amigos e da mãe da Fernanda, a gravação acabou fazendo tanto sucesso que ganhou o mundo. Hoje, já foi ouvida mais de mil vezes, isso só no SoundCloud dela. (O cover também pode ser ouvido no SoundCloud da Lepata, banda do Manauê, que gravou a música junto).

Dessa vez, ela resolveu fazer um cover de Kiss Me, da banda Sixpence None the Richer. Se a música não vem à cabeça imediatamente, talvez o filme “Ela é demais” ajude. Não? Quem sabe o cover do New Found Glory?

Tá, mas Fernanda, por que gravar esses covers? “Porque eu to sempre cantando, eu passo o dia cantando. E daí eu me gravo pra ver como fica…”. Todas as vezes? Não, jura “de 50 músicas/versões que eu gravo, uma eu mostro”. Mesmo depois da versão de “Janta” ter sido ouvida e elogiada eternamente, ela ainda morre de vergonha: “eu não tenho prática, nem técnica, então eu nunca acho que tá bom”. Mas quem ouve os covers acha, né?

A idéia de gravar um cover de “Kiss Me” veio de um outro cover: “eu tava vendo uns videos no youtube e tinha uma guria cantando essa musica; achei que a voz lembrava a minha e que pudesse dar certo”. E deu, né. Eu, por exemplo, achei meiguíssimo.

Marcelo Camelo, Sixpence None the Richer, no SoundCloud dela tem também um cover de Skinny Love, do Bon Iver, tudo bem nada a ver. Diz a Fernanda que tem um gosto musical muuuito variado. Pedi um exemplo pra me situar e ela disse que agora ta ~curtindo~ umas músicas bem verão, “tipo o Shwayze”. Não fazia a mínima idéia de quem era, fui procurar e gostei – mas continuo não entendendo o que uma banda tem a ver com a outra. Tudo bem, não tem problema.

Voltando aos covers, perguntei qual seria o ~~ cover dos sonhos~~ dela. “Eu queria muito conseguir gravar uma musica do Ed Sheeran”. Qual? “Qualquer uma, mas a que eu acho mais bonita é “Give me Love”, como todo o mundo.” Ó, fica a dica se alguém quiser fazer um dueto.

E pra acompanhar a carreira artística da Fernanda: https://soundcloud.com/mexfernanda

Um beijo pra vocês, pra Fernanda e pra Xuxa.

Natasha
@natasha_wh

TOP 5 FELICIDADE

6 dez

dog-smiling-3

É verão. O semestre tá acabando. O sol sorri lá fora até as 9 da noite (te amo, horário de verão). Eu terminei provavelmente o trabalho mais difícil da minha faculdade. Nunca mais vou precisar entrar em um estúdio de televisão na vida. Entreguei meu projeto de TCC. E: FÉRIAS!

Me propus, então, a fazer um top 5 de músicas que não só entendam essa felicidade, como podem deixar quem as ouve ainda mais feliz. Essa listinha tem sido construída há um tempo e se chamava originalmente “músicas que não dá pra não se sentir bem depois de ouvir <3”.

1. First Day of My Life – Bright Eyes

Uma vez alguém disse que era impossível não se sentir bem depois de ver esse clipe e é a mais pura verdade. Na minha opinião, basta ouvir a música para abrir um sorriso, como bem dá pra ver no vídeo. Parece que toda vez que ouço ela, me renovo um pouco.

“and now I don’t care, I could go anywhere with you and I’d probably be happy.”

2.  California – Phantom Planet

(por favor, não observem a qualidade do vídeo)

(nos estados unidos, é permitido vender armas, mas falar guns na TV não pode não)

Não sei se essa banda tem outras músicas. Na real, nem sei se essa música é dessa banda. Sei, porém, que não dá pra ouvir ela sem ver mentalmente a abertura de The O.C. E, desculpa, mas se The O.C não te faz abrir um sorrisinho no rosto e suspirar, tu não merece respeito. Quem não sente saudades da Marissa sendo babaca e do Seth sendo lindo? E da praia maravilhosa? E das casas milionárias? Sdds melhor série adolescente da vida.

3. Stay Young, Go Dancing – Death Cab for Cutie

Passarinhos. “Life is sweet” começa o Ben Gibbard lindo. Como não sorrir nos primeiros segundos disso? Eu sei que a Cris trouxe Death Cab como uma das bandas do top 5 depressão, mas por favor ignorem porque ela tem probleminhas. Death Cab = amor = sorrisos. “With her song in your heart, it could never bring you down.” Sei lá, seu lindo, quando ouço essa música só penso “oh, how I feel alive”. Beijo, Ben.

4.  5 Years Time – Noah and the Whale

Sun sun sun

Fun fun fun

Love love love

Oh, there’ll be love,

Simplesmente verão, diversão, calor, amor, alegria. Lindo. Sorria.

5. Love is Easy – McFly

Versão do Dougie >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> vida

Foda-se.

O amor é fácil. Sorriam.

Lindo. Vemk.

Natasha
@natasha_wh

We sayin’ oh we oh

29 nov

You are now rocking with Will.i.am and Britney, bitch!

Ontem a noite, durante o X Factor, foi apresentado o mais novo clipe do Will.i.am, com participação da girl that everyone’s is seeking: Britney Spears. Jurada do programa favorito da minha mãe, Britney aparece no clipe linda, magra e loira, cantando as mesmas coisas repetidamente e cercada de clones.

Pelo twitter, Will.i.am comparou a participação da cantora como um “renascimento” e que “mudou a vida dele”. Particularmente, eu achei um exagero o comentário do cara do Black Eyed Peas porque, convenhamos, a Britney não fez lá grandes coisas nessa música.

Mas deixando de lado a minha péssima mania de por defeito em tudo, Scream & Shout é um música bem boa e, ao assistir o clipe, já consegui me imaginar na balada dançando loucamente enquanto berro o título desse post. Até admito que cogitei a hipótese de imitar o boné dele, só porque é legal.

boné irado do Will.i.am

Enfim, a moral da história é a seguinte: DJs de todo o mundo, toquem essa música nas festas; e Britney, pare de fazer participações em clipes aleatórios e lance logo músicas novas.

Gabriela

@gabrielacav_

you can’t spell husband without band

23 nov

Image

Nós do seis de outubro queremos desejar um feliz dia do músico para todos os músicos que serviram de inspiração na nossa vida, assim como para os que ainda servirão, não apenas com suas canções, mas com trabalhos domésticos e criação de crianças, afinal, já diz o título do post: “you can’t spell ‘husband’ without ‘band'”.